Relato do Meu Parto: Normal e Cesárea

Oi gente, tudo bem?
Eu não ia falar sobre esse assunto aqui no blog porque não sou fã de polêmicas, mas uma leitora/amiga pediu e cá estou eu pra relatar como foi meu parto. Escutei a minha gravidez toda que o parto normal era a melhor coisa, que a recuperação era maravilhosa, que era o ideal pra mãe e pro bebê. Passei as 40 semanas com isso na cabeça, e fui preparada pra ter parto normal.
Meu sinal de trabalho de parto foi numa segunda-feira, às 23h. Fui pra maternidade e lá me mandaram voltar pra casa. Como tinha consulta no dia seguinte, fiquei despreocupada. Na consulta do dia seguinte, a médica decidiu me internar, mas a médica do plantão da emergência achou desnecessário. Eu já estava com 40 semanas, sentindo dores, tendo sangramento, mas mesmo assim ela achou desnecessária a minha internação. Bati o pé, chorei, teimei e por fim me internaram. Foram os piores dias da minha vida. Só eu sei o que passei naquela maternidade ao lado do meu namorado que me dava toda força do mundo. Se não fosse ele, eu não sei como seria. Era contração em cima de contração, dor, muita dor, fome, sede, muita sede, e mais contração e mais dor... Era horrível ouvir um monte de mulher gritando e não aparecer uma enfermeira pra ajudar. E quando aparecia, davam bronca por estar berrando sem necessidade. O psicológico fica como? Vi mulheres tendo bebês sozinhas, enfermeiras e médicos chegando já na hora que a criança tava nascendo. Não tive nenhum apoio por parte deles, não tive nenhuma ajuda deles pra nada. Era meu namorado pra tudo: banho, lembrar de me darem medicação, trocar roupas de cama. Depois de 31 horas de trabalho de parto, decidiram fazer a cesárea. Eu já não aguentava mais de dor, e foi um alívio quando recebi a notícia. Samuel nasceu numa quarta-feira, dia 22/07/15, pesando 3.510kg, medindo 52cm, às 17h10 da tarde.
Podem perceber que a cabecinha dele tá roxinha, creio que seja da força que ele fez pra sair mas não conseguia. Foram dias tensos, muito tensos! Só eu sei o que passei naquele lugar e não desejo isso pra ninguém, ninguém mesmo! Hospital público é tudo isso que dizem mesmo, forçam o parto normal até vc não aguentar mais... horrível, foi triste! Minha recuperação foi ótima, os pontos secaram no tempo certo e o que ficou foi uma pequena cicatriz. Amamentei normal, e amamento até hoje. E mais uma vez as enfermeiras não me deram nenhum tipo de apoio nesse assunto. Foi preciso a médica chamar atenção delas para que isso acontecesse. Pra quem não sabe, aqui no Rio, as maternidades públicas só dão alta pro bebê se eles estiverem mamando no peito.
A história foi longa né? Isso pq resumi o máximo que pude rs' espero que leiam!
Curta o blog no facebook pra ficar por dentro das novidades.
Um beijo e até mais 

19 comentários:

  1. Carol, parabéns pelo bebê ele é lindo!!!
    Infelizmente nosso hospitais públicos são assim mesmo, já ouvi relatos de muitas mães reclamando das mesmas coisas que você. Isso que fazem com as novas mamães é revoltante.

    Beijinhos
    http://www.alecanofre.com/
    https://www.youtube.com/alecanofremakeup/

    ResponderExcluir
  2. Depender da saúde publica no Brasil é uma tristeza né?!
    Quando minha prima foi nascer tentaram forçar o parto normal, mas no fim teve que ser cesárea e ela nasceu com as marcas dos dedos da medica na testa, que eram tão fortes que demoraram anos para sair.

    ResponderExcluir
  3. Que triste Carol, mas você tem que colocar seu relato em publico mesmo sabe, pois só assim para verem o que as gestantes passam em maternidade publica, o meu foi quase igual,passei por poucas e boas meu bebê quase morre se não fosse a médica ordenar para ir a cirurgia tenho certeza que hoje eu ou meu bebê não estaria mais aqui nesse mundo.

    ResponderExcluir
  4. Que bom que decidiu contar, infelizmente isso é um retrato da saude no Brasil, a maioria das mães não tem apoio nenhum, ainda bem que no fim deu tudo certo para vc e seu bb, pq há casos que nao tem um final feliz né..
    Beijo
    ;)
    http://www.umalindapromessa.com/

    ResponderExcluir
  5. Amiga, eu te achei muito corajosa em falar do seu parto e sobre sua experiência com maternidade pública.
    É um descaso total, eu sei disso porque quando foi em 2013, meu pai foi atropelado por um ônibus enquanto saída da ciclovia e ele foi levado para um hospital público... Menina, aquilo foi horrível. As macas ficavam nos corredores, o caso do meu pai era gravíssimo, mas você tinha que esperar ter vaga para ser operado (e também rezar para não vir casos mais graves que a sua). Minha mãe conta que só via o povo chorando de dor e a galera do hospital não fazia absolutamente nada.
    Internado no hospital depois da cirurgia, meu pai emagreceu demais e as enfermeiras eram super mal educadas (Eram piores que um demônio), porque maltratavam os pacientes com palavras desprezíveis, uma parece que de propósito dobrou a mangueira que transportava soro e medicamentos para dor no meu pai e ele passava mal de ter dó sabe?
    Minha mãe estava sempre por perto e dava várias broncas nas enfermeiras por conta do descaso.

    Acho um absurdo, porque pagamos o imposto mais caro do mundo e nem um tratamento digno temos...
    Fiquei até triste quando vi a foto do Samuel com a cabeça toda roxa... Tadinho, graças a Deus não deu nada grave né amiga? Hoje ele está bem e bastante saudável.

    Hoje, para você ser bem tratado, tem que ter $$$, eu falo isso porque uma amiga minha ganhou neném em Dezembro e você tinha que ver o tratamento particular... É outro. Mas ela também pagou um absurdo para ganhar neném numa boa maternidade aqui em BH.
    Infelizmente a realidade desse Brasil é essa, só tem prestígio aquele que tem $$$.
    Beijos. ♥

    Diário da Lady

    ResponderExcluir
  6. Nossa fico triste por ouvir seu relato, e acredito em você que nos hospitais públicos falta humanidade, falta respeito e amor com as mães que chegam para ter seus filhos.Acredito que por esse motivo muitas mulheres escolhem uma cesárea, por medo de passar por isso, mesmo sabendo que o parto normal é melhor,acredito que só mudaremos a realidade do nosso país em relação ao número de cesáreas quando essa triste realidade que vc passou for mudada. Para fugir disso tudo fui tentar um parto humanizado domiciliar e nem tudo saiu como eu esperava também. Parabéns pelo filho, ele é lindo e uma linda lua de leite para vcs, curta bastante que passa muito rápido.
    Sou uma nova visitante, com um blog abandonado e tentando voltar a esse mundo, então se tiver um tempinho de uma passada no meu blog para conhecer, ficarei muito feliz. bjs
    http://construindonossosonhos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  7. Que lindo o seu bebê Carol! Que bom que no final, deu tudo certo <3
    Morro de medo de ter parto normal, por vários fatores, incluindo alguns que você mencionou neste post...
    Obrigada pelo relato! Tenho certeza que contribuir com futuras mamães (L)

    Amore, acabei de liberar um post novo lá no blog! Te convido a vir conferir =D

    Beijos
    Amanda Z.
    www.diariodelooks.com

    ResponderExcluir
  8. Nem me fale, morro de medo de realmente precisar de algo público e ser mal atendida, mais em compensação você recebeu uma benção e tanto né
    Beijos

    Blog Segredos da Cáh
    Instagram
    Facebook
    Canal do You Tube

    ResponderExcluir
  9. Ola! Gostei do seu Blog e tenho um Artigo para colaborar no seu Blog, faço divulgação na minha rede +2 milhões de acessos e te dou Link do meu blog. Não cobro! O que peço em troca peço é um link dentro do artigo para meu blog. Quer receber uma proposta para avaliação?
    prof.rosioliveira@gmail.com

    ResponderExcluir
  10. Oi Carol eu sei muito bem o que vc passou tbm tive meus flhos em hospital publico. Seu bebê é lindo mas graças a Deus que deu tudo certo. Bjim :D borboletando-emtudo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  11. Oi Carol eu sei muito bem o que vc passou tbm tive meus flhos em hospital publico. Seu bebê é lindo mas graças a Deus que deu tudo certo. Bjim :D borboletando-emtudo.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  12. Postagem maravilhosa amei
    Meu canal: https://www.youtube.com/watch?v=apP6eHn5PlI
    Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Carol, amei o seu post porque ele humaniza a gestante. Na TV aparece um monte de gente falando sobre o parto normal e seus aspectos positivos e narram a cesárea como algo monstruoso.
    Monstruoso foi o que vc e milhares de brasileiras passam. Nossos hospitais públicos não têm estrutura para acolher o parto normal. Nas reportagens sempre é dado a entender que o bebê nasce rapidinho, mas nem pra todo mundo é assim!
    Entrei em trabalho de parto e sei que as contrações não são nada fáceis e eu penso que é por isso que a mãe natureza nos fez tão fortes. Fiz cesárea, amamentei por onze meses. Doze anos depois não há cicatriz alguma. O procedimento foi rápido e humanizado.
    Eu acho que a decisão de como será o parto deve ser tomada entre a mãe, obstetra e outro elemento que esteja acompanhando a gestação. É uma irresponsabilidade a propaganda feita sobre a cesárea e o parto normal.
    Penso que, os envolvidos devem preocupar com a saúde da mãe e do bebê; a melhor decisão para aquele momento deve ser tomada e depois não tem que vir ninguém encher a paciência sobre o tipo de parto feito.
    Bjs!

    ResponderExcluir
  14. Vc é uma mulher guerreira, obrigado por me conceder a honra de ser pai do seu filho.
    Te amo!!!

    Att,

    Paulo

    ResponderExcluir
  15. Vc é uma mulher guerreira, obrigado por me conceder a honra de ser pai do seu filho.
    Te amo!!!

    Att,

    Paulo

    ResponderExcluir
  16. Infelizmente ainda estamos vivendo terrorismo nos partos, nos hospitais públicos são os piores casos :/
    Mas vc é uma guerreira, Samuca tbm!
    Deus abençoe grandemente todos os dias de suas vidas.
    Gosto muito de vocês, mesmo só conhecendo virtualmente, rs

    Beijinhos ❤

    ResponderExcluir
  17. Nossa Carol não sabia disso tudo, nossa é muito descaso mesmo, a gente paga tão caro nas coisas, tudo com imposto caro para que quando a gente precisa de um retorno mínimo que seria ter um filho com dignidade nem isto podemos. Olha depois que perdi a minha com câncer por conta do sus não diagnosticar a tempo, pq ela fazia prevenção tudo direitinho e mesmo assim nunca falaram nada. Eu nunca mais pisei em posto de saúde, hospital que atender gente do sus cai fora. Pago caro no meu plano, mas quando preciso posso ir que sou atendida, tem seus lados ruim, mas nunca chegou com dor e não fui atendida na hora...
    Este momento que deveria ser de maior alegria, marcou como um dos piores da sua vida como vc mesmo disse, é uma pena, mas o importante que o Samuel chegou com saúde, cheio de vidaaa e graças a Deus está bem.
    Infelizmente temos que conviver com este sistema podreeeee do sus.
    Desculpe o desabafo,mas fico revoltadaaaa, ainda mais qd coloca a vida em risco.
    Bjussssssssss

    ResponderExcluir
  18. Triste saber que os hospitais publicos estao realmente fazendo isso. No dia do meu parto vi casos semelhantes ao seu.
    Graças a Deus tive poucas horas de dor.
    beeeijos

    http://blognaohesite.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  19. Carol minha amiga, eu não imaginava que você tinha passado por isso doeu em mim demais ler teu relato me coloquei no teu lugar porque realmente é desesperador passar tantas horas dias em trabalho de parto, triste realidade do Brasil as maternidades públicas são péssimas! A mão de Deus estava sobre você que apesar de tanto sofrimento para o pequeno Samuel vir ao mundo tenho certeza que é foi o melhor presente que você já teve em sua vida. Eu na época que engravidei fiz um plano para fazer o pré natal que não cobriu o tempo de carência mais meu esposo juntou dinheiro para pagar na época uma cesária porque eu tinha medo de parto normal e nem quis tentar! Poxa Carol fiquei aqui pensando o quanto isso marcou a sua vida o que era para ser boas lembranças te faz pensar no terror que é um hospital público!Lamentável!
    Beijos obrigada por compartilhar esse momento conosco Carol Deus é contigo em todo tempo!
    http://detudoumpoucosil.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

Pelo amor de God, comente sobre a postagem, please ;)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...